Twitter demite mais de 200 funcionários em nova rodada de cortes de empregos

Twitter demite mais de 200 funcionários em nova rodada de cortes de empregos

Twitter enfrenta nova rodada de cortes de empregos sob liderança de Elon Musk

No último final de semana, o Twitter demitiu mais de 200 funcionários em uma nova rodada de cortes de empregos, de acordo com fontes familiarizadas com o assunto. Isso representa cerca de 10% da força de trabalho restante da empresa, que agora tem cerca de 2.000 funcionários.

Desde que foi adquirido por Elon Musk em outubro por US$ 44 bilhões, o Twitter tem passado por uma série de mudanças, incluindo a demissão dos três principais executivos da empresa logo após a conclusão da aquisição. Na época da aquisição, o Twitter tinha cerca de 7.500 funcionários. No final de novembro, Musk afirmou que não havia mais planos de redução de pessoal, mas desde então a empresa tem enfrentado cortes individuais e em pequena escala que reduziram o número em cerca de 1.500.

Os cortes de empregos mais recentes visaram principalmente gerentes de produto, cientistas de dados e engenheiros responsáveis ​​pelo aprendizado de máquina e tarefas relacionadas à confiabilidade do site. A equipe de monetização foi especialmente afetada, com cerca de 30 membros sendo reduzidos para 7 ou 8 pessoas.

Até o momento, o Twitter ainda não emitiu uma declaração oficial sobre esta última rodada de cortes de empregos, portanto, é importante ter cautela com relação ao número exato de pessoas que foram afetadas.

Este último desenvolvimento mostra que o Twitter continua a passar por um período de mudanças e reestruturações sob a liderança de Elon Musk, e pode ter implicações para o futuro da empresa e sua estratégia de negócios.

Fonte: The New York Times

Share this content:

Eduardo Rodrigues

Apaixonado por tecnologia, video-games e jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *